Petrópolis, 27 de Setembro de 2020.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Econômico
   
  Museu Imperial terá novos projetos em 2009

Data: 08/01/2009

Dez dias depois de assumir o cargo de diretor interino do Museu Imperial, o historiador Maurício Vicente Ferreira Júnior conversou com a Tribuna de Petrópolis sobre os projetos que começam a ser pensados para o mais importante ponto turístico da cidade. “Estamos buscando informações, conversando com técnicos de diversos setores, avaliando algumas propostas e verificando o que precisa ser corrigido para que o nosso trabalho seja otimizado”, disse o diretor, lembrando que nesse momento está sendo montado o plano de ações para 2009 no Museu Imperial. “Vamos encaminhar o plano da unidade e apresentar propostas para o museu, em conformidade com os setores técnicos”, declarou.

 

O diretor diz que hoje o principal objetivo é estreitar os laços entre os visitantes e o Museu Imperial. Para isso, a partir de janeiro serão disponibilizados recepcionistas bilíngües para fornecer informações durante a visita ao museu. “A intenção é de que no início de janeiro este profissional esteja disponível para prestar informação qualificada a quem visitar o Museu Imperial ou assistir o espetáculo Some Luz”, adianta.

 

Maurício lembra que está previsto também que as legendas de peças em exposição permanente serão aperfeiçoadas. “A idéia é de que nos primeiros meses de 2009 seja feita a otimização da relação com o público e no que diz respeito à qualidade da informação que é passada aos nossos visitantes”, explica, frisando que a nova administração terá como marca registrada esse intensificação de contato com o público.

 

Maurício enfatizou que pretende ter uma relação muito ppróxima com o novo governo municipal. “Já falamos com o Charles Rossi, que será o presidente da Fundação de Cultura e Turismo do governo Mustrangi. Vamos nos reunir com a equipe da secretaria para propor ações conjuntas. Precisamos de uma oxigenação, de um aprofundamento no relacionamento entre o Museu Imperial e a população. Queremos também desenvolver projetos em parceria com a secretaria de Cultura e Turismo, para uma maior divulgação do museu e da cidade de Petrópolis mundo afora. Isso é muito importante , porque o Museu Imperial é o carro chefe do turismo na cidade”, frisa.

 

Segundo o diretor interino, os projetos serão voltados para as áreas de cultura e educação, com atividades para atrair os jovens e crianças. Para isso está sendo estudada uma parceria com a Secretaria de Educação do município. “Queremos que os técnicos possam ir às escolas e preparar as crianças para que a visita ao museu seja uma atividade de conhecimento e não somente um passeio. O museu é um local de entretenimento, mas é também um local de conhecimento, onde as pessoas podem refletir sobre a História do Brasil”, explica, lembrando que a idéia é que depois da visitação haja uma conversa com os alunos para verificar se as informações foram assimiladas. “A intenção com isso é despertar nas pessoas o sentimento de orgulho pelo Museu Imperial, que é dos petropolitanos e de todos os brasileiros. Queremos que as pessoas venham ao Museu Imperial,visitem, freqüentem e tenham orgulho dele, da mesma forma que o parisiense se orgulha do Louvre, por exemplo”, cita.

 

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis – 4 de janeiro de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS