Petrópolis, 08 de Março de 2021.
Matérias >> Legislação >> Leis do Sistema Orçamentário (PPA, LDO, LDA)
   
  Orçamento é aprovado, mas governo derruba emendas da oposição

Data: 17/12/2015

 

 

Orçamento é aprovado, mas governo derruba emendas da oposição


Diário de Petrópolis, domingo, 20/12/2015

Rômulo Barroso - romulobarroso@diariodepetropolis.com.br

 

Após duas sessões sem quórum, a Câmara finalmente votou o orçamento ontem (16), com aprovação por unanimidade. No entanto, derrubou todas as emendas apresentadas por vereadores da oposição. Apenas duas propostas de Reinaldo Meirelles (PTB) foram aceitas.


O petebista conseguiu aprovar a destinação de R$ 500 mil previstos antes para comunicação para obras de dragagem de rios da cidade. Outra emenda tirou R$ 300 mil da mesma área para construção de gavetas nos cemitérios municipais.


Porém, as propostas de Silmar Fortes (PMDB), Gilda Beatriz (PMDB) e Anderson Juliano (PT) foram todas derrubadas pela base governista. Eram necessários pelo menos 10 votos favoráveis (dois terços da Câmara), mas em algumas votações até sete vereadores estavam fora do plenário. A maior parte das emendas queria destinar recursos das áreas de comunicação e limpeza urbana para: programas de saúde, compra de equipamentos e medicamentos, pagamento da folha de salário dos funcionários da rede pública de saúde, academia da terceira idade, cultura, desenvolvimento da agricultura no Bonfim, preservação ambiental, desassoreamento de rios e educação ambiental.


O projeto segue para sanção do prefeito e afasta o risco de a cidade começar 2016 sem orçamento, possibilidade iniciada após dois adiamentos da votação. No próximo ano, a prefeitura vai ter R$ 851,8 milhões, 5,3% acima do que teve nessa temporada. A Saúde segue sendo a área que vai receber mais investimentos, com quase R$ 252 milhões (29,5%). Em seguida, aparece a Educação, com quase R$ 219,5 milhões (25,7%). O gasto com o sistema próprio de previdência do servidor municipal, o Inpas, é de cerca de R$ 106 milhões (12,4%). A Comdep e a CPTrans vão receber, respectivamente, R$ 69,5 milhões (8,1%) e R$ 13,5 milhões (1,6%).





 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS