Petrópolis, 28 de Junho de 2022.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Humano
   
  Saiba como fugir dos golpes nos bancos

Data: 16/12/2008

1. No caixa eletrônico:

 

- fique atento às mensagens que aparecerem no visor

 

- ao digitar a senha do cartão, coloque o corpo junto do teclado para evitar que outras pessoas vejam a combinação

 

- não informe sua senha a ninguém, nem mesmo a funcionários do banco

 

- se houver dificuldade de utilização do terminal eletrônico, prefira o guichê no interior da agência

 

2. Se receber cédulas falsas no terminal eletrônico:

 

- é aconselhável tirar um extrato imediatamente, na mesma máquina onde o saque foi feito

 

- procure o gerente em seguida

 

- a maioria dos bancos faz o ressarcimento do cliente, mas o procedimento não é obrigatório

 

- não repasse a cédula porque isso é crime

 

3. Ao utilizar cheques:

 

- guarde o talão em local seguro

 

- nunca deixe cheques em branco assinados

 

- acompanhe as movimentações de sua conta por meio de extratos

 

- se precisar sustar um cheque, solicite o serviço por telefone. Depois, num prazo de 48 horas, vá a agência

 

- em caso de roubo ou extravio, vá a delegacia registrar o boletim de ocorrência e comunique o fato ao banco

 

- cruze o cheque para não permitir o saque diretamente no caixa

 

- emita cheques nominais

 

- risque o trecho “ou a sua ordem” para impedir endossos

 

4. Ao utilizar débito automático

 

- os débitos só podem ser feitos com autorização do idoso ou com amparo judicial

 

- ele evita a ida ao banco para pagamento de contas

 

5. Ao utilizar a internet

 

- não utilize computadores sem antivírus

 

- troque a senha da internet periodicamente

 

- desconfie: o banco não envia e-mail para atualização cadastral que solicite informação de agência, conta ou senha e não oferece acesso por meio de link

 

- qualquer suspeita de fraude deve ser comunicada imediatamente ao banco

 

6. Porta automática

 

- especialistas em segurança lembram que é importante cooperar, dentro do limite da razoabilidade

 

- para evitar constrangimento, separe, antes de entrar, objetos que possam causar o travamento da porta, como chaves e guarda-chuva

 

- utilize sempre que necessário o compartimento que o banco disponibiliza

 

- se houver constrangimento, busque ao menos duas testemunhas e registre o caso na delegacia pública mais próxima. A Defensoria Pública também pode ajudar neste caso

 

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis – 14 de dezembro de 2008.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS