Petrópolis, 30 de Novembro de 2022.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Humano
   
  Habitação: CDDH espera apresentação de projeto

Data: 20/05/2010

Habitação: CDDH espera apresentação de projeto

 

 

            Integrantes do Programa de Moradia do Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH) de Petrópolis têm reunião marcada para hoje com o secretário municipal de Habitação e estão na expectativa pela apresentação de um projeto de construção de pelo menos 48 casas populares em um terreno, desapropriado pela Prefeitura há cerca de quatro anos, no Quarteirão Brasileiro. O coordenador do programa do CDDH, Sérgio José Hammes, lembra que a expectativa pela construção das casas populares já se estende por pelo menos seis anos. Ele conta que em 2004 um projeto do CDDH foi encaminhado ao Ministério das Cidades, solicitando recursos do Programa Crédito Solidário, para a construção de 50 casas populares. O projeto foi aprovado pelo Ministério das Cidades, que naquela época chegou a informar que a proposta foi selecionada para atender 48 unidades habitacionais, num valor total de R$ 480 mil.

            A Secretaria de Habitação, por intermédio da assessoria de comunicação da PMP, informa que já entrou em contato com representantes do CDDH e irá agendar uma reunião extraordinária onde um dos pontos da pauta de debates será a questão do terreno do Quarteirão Brasileiro. A secretaria ainda ressalta que já viabilizou o Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS), onde haverá a participação popular e das entidades do município. Esse plano vai definir as diretrizes para todos os distritos e realizar um diagnóstico da cidade. Além disso, vai definir as questões habitacionais para o município avançar nesse quesito, com foco primeiramente nas áreas de risco.
Por intermédio dos projetos apresentados pela Prefeitura de Petrópolis junto aos governos federal e estadual, haverá neste ano uma grande intervenção no bairro Alto Independência. As famílias que estão em área de risco e da Mata Atlântica, como na Rua Maria de Lima, serão beneficiadas com a reurbanização do bairro. Serão R$ 35 milhões para reassentar 500 famílias. Para o Conjunto Habitacional da Posse, serão construídas 144 unidades em duas etapas. Na primeira etapa, serão 72 famílias assentadas.

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 19 de maio de 2010.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS