Petrópolis, 30 de Novembro de 2022.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Humano
   
  Biblioteca de Petrópolis tem dois mil livros em Braille

Data: 05/08/2009

Biblioteca de Petrópolis tem dois mil livros em Braille

 

 

            O inventor da técnica de leitura e escrita, utilizada até hoje na alfabetização de deficientes visuais em todo o mundo, Louis Braille, está sendo homenageado neste ano pelo seu bicentenário de nascimento. Criado em uma pequena cidade a 40 quilômetros de Paris, Braille tinha apenas 15 anos quando criou este método de comunicação. No Brasil, o sistema Braille começou a ser ensinado em 1854, no Imperial Instituto dos Meninos Cegos, hoje Instituto Benjamin Constant, vinculado ao Ministério da Educação.

            Atualmente, um grande volume de publicações já podem ser encontradas no método Braille. Em Petrópolis, a Biblioteca Central Municipal Gabriela Mistral, considerada a terceira mais importante do estado do Rio de Janeiro, dispõe mais de 2 mil livros adaptados, que vão desde clássicos à best-sellers. Segundo a gerente Maria Luiza Rocha Melo, os livros são doados pela fundação Dorina Nowill, de São Paulo, que envia cerca de seis publicações mensais à biblioteca.

            “O deficiente visual encontra aqui, os últimos lançamentos publicados e os livros mais vendidos”, diz Maria Luiza. As informações sobre títulos podem ser obtidas através do atendimento no balcão da biblioteca, pelo telefone (24) 2233-1228 ou pelo e-mail:  biblioteca@petropolis.rj.gov.br.

 

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 5 de agosto de 2009.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS