Petrópolis, 21 de Setembro de 2021.
Matérias >> Poder Executivo Mun. >> Desenvolvimento Institucional
   
  Médicos do município suspendem greve

Data: 13/01/2011

Médicos do município suspendem greve

 

            Os médicos petropolitanos decidiram ontem suspender a greve por causa da tragédia causada pela chuva na região de Itaipava, mas mantêm o estado de greve. O presidente do Sindicato dos Médicos, Mauro Peralta, disse que a medida foi para que o município possa funcionar com todos os serviços para atender as vítimas das chuvas.

            Mauro Peralta disse que nova assembléia deve acontecer na próxima semana. Os médicos de especialidades estão em greve desde o dia 20 de dezembro e aguardam que o Governo Municipal atenda suas reivindicações, entre elas o aumento salarial – atualmente os profissionais recebem cerca de R$ 900, a proposta é de R$ 2.600; uma carga horária de trabalho de 12 horas; um adicional de difícil acesso para postos de periferia, incluindo o Meio da Serra;  e o cumprimento do PCCS.

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis, 13 de janeiro de 2011.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS