Petrópolis, 02 de Março de 2021.
Matérias >> Conselhos Municipais >> COMED/SEE
   
  Prefeito empossa novos membros dos conselhos comunitários

Data: 19/12/2014

 

 

Prefeito empossa novos membros dos conselhos comunitários

Os novos membros que irão compor os Conselhos Comunitários do Programa Mais Educação, das quinta, sexta e sétima regiões foram empossados na manhã de ontem (18).

 

Os novos membros que irão compor os Conselhos Comunitários do Programa Mais Educação, das quinta, sexta e sétima regiões foram empossados na manhã desta quinta-feira (18/12). No evento, realizado no Centro de Cultura, o prefeito Rubens Bomtempo, destacou a importância do programa e explicou que o objetivo desses conselhos é garantir a participação popular na discussão das ações da Prefeitura. Na segunda-feira, os integrantes do Conselho Comunitário da Posse já haviam sido empossados.

A partir de agora, pais de estudantes, professores e funcionários das escolas integrantes do Mais Educação, passarão a participar das decisões referentes ao programa, que oferece atividades extracurriculares, como esportes, artes e reforço disciplinar, para alunos na própria escola. “O objetivo é romper os muros da escola e ter uma visão clara de que é preciso construir junto com a sociedade. Estamos no caminho certo, mas ainda temos muito que andar, e só através da sociedade, pais e moradores vamos continuar avançando”, disse Bomtempo.

Segundo a secretária de Educação Mônica Freitas, em 2012, eram 65 escolas participantes do Programa Mais Educação. Em 2013, primeiro ano do atual governo, eram 82 escolas. Já em 2014, 93. O número de alunos atendidos também aumentou, passando de 6.213 (2012) para 8.145 (2013) e 9.667 (2014). Essas unidades escolares foram divididas por região em oito grupos: Centro, Bingen, Quitandinha, Alto da Serra, Cascatinha, Corrêas, Itaipava e Pedro do Rio.

A secretária lembra que em 2013, quando o prefeito Rubens Bomtempo assumiu o governo encontrou o programa funcionando de forma desorganizada, principalmente em relação ao uso dos espaços. “Ofereciam atividades não compatíveis com as áreas físicas. O número de alunos participantes também era definido pela Secretaria de Educação. Então, agimos de forma democrática junto às escolas e com os diretores reorganizamos toda a estrutura e hoje o programa tem nova cara”, frisa.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS