Petrópolis, 05 de Julho de 2020.
Matérias >> Atividades Econômicas >> Comércio
   
  Lojas da Rua Teresa abertas já a partir desse domingo

Data: 07/11/2008

Maior pólo de moda da cidade muda rotina para incrementar vendas de final de ano.

 

 Atenção compradores: a partir desse final de semana, o maior pólo de moda da cidade, a Rua Teresa vai abrir em horário diferenciado, aos domingos, para atender a demanda resultante das festas de fim de ano. A novidade, anunciada ontem pelo presidente da Associação de Lojistas da Rua Teresa, Marcelo Fiorini, deve beneficiar compradores de Petrópolis e de cidades vizinhas e ainda incrementar o faturamento das lojas. A expectativa é de o movimento – e ganhos – entre 10% e 15% maiores com o dia extra.

 

 Segundo Marcelo Fiorini, a abertura das lojas aos domingos em datas próximas às festividades é rotineira e atrai principalmente os varejistas, que aproveitam o dia de folga para antecipar as compras de Natal. “Ainda em novembro, com o funcionamento das 10h às 17h aos domingos, esperamos a circulação de 3 a 4 mil pessoas aos domingos. Já em dezembro, esse volume tende a aumentar para 5 a 6 mil pessoas, o que equivale a um movimento de quinta-feira, quando a Rua Teresa recebe a maioria dos atacadistas”, justifica.

 

 Embora o funcionamento no novo horário seja opcional, a expectativa é de que 50% das lojas abram as portas até o final desse mês. Em dezembro, com proximidade das festas de final de ano, esse percentual deve subir para 80%. “São dias a mais no nosso calendário e isso, sem dúvida, vai refletir no faturamento”, aposta, lembrando que o funcionamento em horários diferenciados em datas próximas de grandes comemorações são comuns nos grandes centros comerciais. “Nesse dia o trânsito costuma estar mais tranqüilo e as pessoas têm mais tempo livre”, diz Fiorini.

 

 Com a agenda lotada, a cabeleireira Lainná Santos, de Magé, é uma das que aprovam o funcionamento das lojas aos domingos. “Meu salão fica aberto de segunda a sábado e atendo meus clientes até às 22h. Realmente só tenho tempo de fazer compras no domingo”, comenta. Segundo a empresária Patrícia Ferreira Guido Guimarães, as vendas de domingo, no período de Natal, superam as de segunda-feira. E ainda completa: “Os negócios que são fechados no domingo correspondem a 15% do faturamento mensal”, garante ela, que adotou o funcionamento aos domingos inclusive em períodos sem festas.

 

 Patrícia torce pelos bons resultados nas vendas. “A minha equipe já está preparada para o movimento de final de ano. Até aumentei meu quadro de funcionários”, diz, animada. Marcelo Fiorini alerta para as mudanças por conta dos feriados. No sábado, dia 15 de novembro, as lojas ficarão fechadas devido ao feriado, mas estarão funcionando no domingo, dia 16.

 

“Banheiros, caixas eletrônicos e o Centro de Informações Turísticas, que funcionam dentro do prédio do Centro de Moda, também estarão abertos”, avisa Marcelo.

 

 

A Rua Teresa em Números
Lojas: 1200
Empregos: 5 e 6 mil
Média de movimentação mensal: R$ 42 milhões
Incrementação da movimentação e faturamento entre outubro e dezembro: 20 e 30%

  

Fonte: Tribuna de Petrópolis – 7 de novembro de 2008.

Autora: Juliana Fernandes

 




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS