Petrópolis, 11 de Julho de 2020.
Matérias >> Dados e Índices Municipais
   
  Cidade Sustentável: Petrópolis é candidata

Data: 29/09/2014

Cidade Sustentável: Petrópolis é candidata

Diário de Petrópolis, Segunda-feira, 29 de setembro de 2014

 

 

Município concorre ao prêmio nacional na categoria Cidades Médias


Edson Cunha

edsoncunha@diariodepetropolis.com.br

 

A mobilidade urbana está sendo uma das grandes preocupações de Petrópolis. Prova disso é que um dos focos da Cidade Sustentável, prêmio ao qual o município concorre, é visto com muito carinho pelo prefeito Rubens Bomtempo (PSB) e seus secretários. O título será entregue em dezembro deste ano, durante solenidade em Brasília (DF).

 

 

O programa Cidades Sustentáveis visa sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para que as cidades brasileiras se desenvolvam de forma econômica, social e ambientalmente sustentável. Ele conta com uma plataforma que consiste em uma agenda de ações e iniciativas para a sustentabilidade das cidades que aborda as diferentes áreas da gestão pública, em 12 eixos temáticos, e incorpora de maneira integrada as dimensões social, ambiental, econômica, política e cultural.

 

- Todos os temas, como a mobilidade urbana são levados para os conselhos e neles as pessoas podem sugerir novas ideias. É uma espécie de observatório – explica Rodrigo Xavier, coordenador em Petrópolis do Programa Cidades Sustentáveis.

 

Os gargalos no trânsito são vistos por Rodrigo como um dos temas que precisam ser atacados. Ele citou o Trevo de Bonsucesso, Duas Pontes e a Rua do Imperador.

 

- Uma de nossas principais preocupações é focar no deslocamento dos pedestres. Acreditamos com isso que o trânsito também melhore – argumenta.

 

Mas em contrapartida Rodrigo Xavier explica que para dar melhores condições aos pedestres a mobilidade urbana precisa receber muita atenção.

 

- Nossas calçadas são ruins para os pedestres e não existe acessibilidade. O governo está se preocupando com isso e o objetivo é melhorar a vida de todos – assegura o coordenador.

Ele disse ainda que além de Petrópolis, no Estado do Rio concorrem ao prêmio: Macaé, Niterói, Paraty, Rio das Ostras e Rio de Janeiro.

 

- Petrópolis é cotada para vencer pois temos ações e iniciativas em todos os 12 eixos temáticos, ao contrário das demais cidades concorrentes – afirma Rodrigo.

 

Objetivo do prêmio é estimular os gestores

 

O objetivo do prêmio é estimular os gestores públicos para a criação, manutenção e atualização de observatórios em seus municípios, contendo indicadores, programas de metas e informações relevantes sobre políticas públicas voltadas à qualidade de vida e ao desenvolvimento sustentável, assim como reconhecer e valorizar as experiências bem-sucedidas. Petrópolis concorre na categoria Cidades Médias, que abrange municípios com uma população de 100 mil a 500 mil de habitantes.

 

- Com estes estudos realizados pela equipe do governo, Petrópolis terá capacidade de planejar as metas não só para este governo como para os futuros governantes – assegura o coordenador.

 

Petrópolis concorre ao lado de outros 56 municípios brasileiros ao prêmio do programa Cidades Sustentáveis. A cerimônia de premiação está prevista para acontecer no dia 3 de dezembro, no Congresso Nacional, em Brasília (DF). Mobilidade urbana e meio ambiente são alguns dos indicadores de sustentabilidade.

 

Os indicadores de Petrópolis, com informações das áreas de saúde, educação, cultura, meio ambiente, mobilidade, social, entre outros, bem como seu Plano de Metas, estão disponíveis no site www.petropolis.rj.gov.br. Todo o trabalho foi realizado por uma comissão com representantes de todas as secretarias municipais.

 

Ao todo são 57 cidades que estão concorrendo

 

Uma cidade por cada faixa será premiada: Pequena (até 100 mil de habitantes); Média (de 100 mil a 500 mil); Grande (de 500 mil a 1,5 milhão); e Metrópole (acima de 1,5 milhão de habitantes).

 

Além de Petrópolis, concorrem ao Prêmio Cidades Sustentáveis: Abaetetuba (PA), Alto Taquari (MT), Anápolis (GO), Araranguá (SC), Assis (SP), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Oriente (MG), Bom Despacho (MG), Bombinhas (SC), Brusque (SC), Campinas (SP), Canoas (RS), Caratinga (MG), Céu Azul (PR), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Guararema (SP), Guarujá (SP), Guarulhos (SP), Ipatinga (MG), Itatiba (SP), Joinville (SC), Limeira (SP), Marechal Cândido Rondon (PR), Maringá (PR), Missal (PR), Mundo Novo (MS), Nova Santa Rita (RS), Paragominas (PA), Patrocínio Paulista (SP), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Quatro Pontes (PR), Rio Branco (AC), Rio das Ostras (RJ), Rio do Sul (SC), Salvador (BA), Santa Helena (PR), Santa Terezinha de Itaipu (PR), Santos (SP), São Caetano do Sul (SP), São Paulo (SP), Sorocaba (SP), Taubaté (SP), Teresina (PI), Tietê (SP), Timóteo (MG), Tiradentes (MG), Toledo (PR), Ubatuba (SP), Ubiratã (PR), Ulianópolis (PA), Vera Cruz (RS), Visconde do Rio Branco (MG), Vitória (ES). 

 

O programa Cidades Sustentáveis é uma realização da Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis e Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. Mais informações sobre o programa no site do Cidades Sustentáveis.




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS