Petrópolis, 29 de Setembro de 2020.
Matérias >> Diálogo com a população >> Mensagens da Comunidade
   
  Sem pavimentação, nem táxis aceitam mais viagens por rua que liga Siméria e Independência

Data: 20/10/2011

A Rua Presidente Sodré, que faz ligações entre os bairros Independência e Siméria, está cada dia mais deteriorada. Sem pavimentação – ela ainda é de terra – o lugar é tomado pela lama sempre que chove e pela poeira quando faz sol. Mas não é só isso que tira o sono dos moradores e dos que a utilizam.
A iluminação pública foi implantada há pouco mais de quatro anos, porém, não existe previsão para o calçamento. Segundo moradores, na Secretaria de Obras o trecho aparece como pavimentado.
Não existe saneamento básico, os táxis não entram na rua, que também não é atendida pelo transporte coletivo. A situação vem sendo exibida por moradores nas redes sociais. Numa delas, uma moradora lembra que a Rua Presidente Sodré inicia ao lado do Clube Dom Pedro, na Rua Olavo Bilac, e apenas parte dela é calçada e conta com todos os serviços. Mas, a partir do ponto onde ela se divide com a Rua Manoel Francisco de Paula, que segue para a parte alta da comunidade, começa o descaso.
São cerca de 800 metros de rua, que seguem até o Quarteirão Italiano, no Independência, que estão em péssimo estado. A dona de casa Ana Paula da Silva, de 33 anos, que passa com frequência pelo local, destaca que além de todos esses problemas, o trecho ainda oferece risco para as pessoas. “Por conta da falta de urbanização, o local é ermo a qualquer hora do dia, facilitando a ação de bandidos”, disse Ana Paula, salientando que há alguns anos assaltos e ataques de tarados contra mulheres se tornaram constantes.
Outro problema destacado pela moradora foi a construção de um muro de contenção, o qual possibilitou o alargamento da Rua Manoel Francisco de Paula. “A obra ficou ótima, porém o trecho que foi alargado não pode ser usado pelos veículos porque não retiraram um poste que ficou no meio da rua”, reclama a moradora, salientando que tal trecho é muito estreito e com a abertura facilitaria a vida de motoristas. “Vale lembrar que a PMP já divulgou a conclusão da obra, inclusive, com publicação nos jornais da cidade”, disse Ana Paula.

 

Fonte: Tribuna de Petrópolis




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS