Petrópolis, 23 de Agosto de 2019.
Matérias >> Os Brados de Petrópolis
   
  O BRADO DE PETRÓPOLIS ANO II Nº 23 : Pró-Gestão Participativa

Data: 15/11/2015

 

 

FRENTE PRÓ-PETRÓPOLIS: FPP

E-mail: dadosmunicipais@gmail.com

Portal: www.dadosmunicipais.org.br

Sitio: www.ipgpar.org.br

Grupo no Facebook: www.facebook.com/groups/frentepropetropolis

Página no Facebook: www.facebook.com/pages/Frente-PRÓ-Petrópolis/622392747795027?pnref=lhc Canal no YouTube: www.youtube.com/channel/UCla8_OEuNRGN-wsK24klhpQ

Secretariado a cargo do Instituto Philippe Guédon de Gestão Participativa: IPGPar

Endereço: Rua Casemiro de Abreu, 272 – CEP 25.615-000 (Centro) – Petrópolis / RJ

C.N.P.J.: 19.658.341/0001-87

 

 

O BRADO DE PETRÓPOLIS Pró-Gestão Participativa: ANO II - Nº 23

Boletim mensal dedicado à prática da Gestão Participativa - 15 de Novembro de 2015

 

1º BRADO: A POLÍTICA QUE TEMOS E A QUE QUEREMOS

 

TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI

Somos todos iguais perante a Lei, mas dá para pensar que alguns são mais iguais do que outros. Os aposentados do INSS encontrarão barreiras na sua pretensão à “desaposentação” alegadamente face ao peso insuportável que representaria a medida para a Nação. O argumento não foi nem é utilizado ao se discutirem os generosos aumentos dos proventos das cúpulas e mesmo de certas máquinas dos Três Poderes, além das verbas do Fundo Partidário.  Alguém tem que perguntar se a Constituição mudou, modulando essa “igualdade”, pois não? Se era por falta de ser formulada a pergunta, O BRADO a deixa posta.

 

2º BRADO: O PLANEJAMENTO TAL COMO O DEFINE A LEI

 

O PLANEJAMENTO

O jornal O GLOBO publicou no dia 7 de novembro um artigo do Arquiteto Sérgio Magalhães, intitulado “Mal feito e bem pago”. Ressalta o nosso gosto pelo improviso e detalha as fórmulas que foram sendo encontradas para satisfazer o nosso pendor, como o Regime de Contratação Diferenciada (DRC) ou a Contratação Integrada, que contrata de uma só tacada projeto e obra. Os moradores da Serra Fluminense conhecem bem esse tipo de debate, que só não é acolhido pelos Poderes. Como o Arquiteto Sérgio Magalhães forneceu seu e-mail ao pé do artigo, não vemos quebra de ética ao reproduzi-lo: smc@centroin.com.br. Deixamos aqui nossos parabéns ao Autor.

 

3º BRADO: A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL

 

O GOVERNADOR DE NUEVO LEÓN/MÉXICO

Sabiam? Em 2014, o México procedeu à uma Reforma Política, introduzindo a figura do Candidato avulso (independente, sem partido). Em 2015, um candidato independente foi eleito Governador de Nuevo León, 2º Estado mais importante – economicamente – do País. Mais do que o fato, interessa ao BRADO um detalhe: por que nunca lemos ou ouvimos falar algo a respeito por aqui? Será que todos, à nossa volta, comemos mosca? Ou será que pensaram que o povo brasileiro tinha que continuar a ser feudo de cartel de partidos, e que a informação é forma subversiva de inteligência?

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=24&subsecao=114&id=6480&uid=

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=34&subsecao=0&id=6491&uid=

 

4º BRADO – O DIÁLOGO DA SOCIEDADE MUNICIPAL COM O ESTADO E A UNIÃO

 

OS ROMBOS DOS RPPS

Os Regimes Próprios de Previdência Social acumulam perspectivas financeiras das mais sombrias, a nível federal, estadual e municipal. Como O BRADO não os vê figurar nos sucessivos Orçamentos municipais, concluiu que não devem estar assustando as Autoridades, nem os TCEs. O bom-senso mandaria que se preventivasse anualmente uma parcela do déficit previsto para dentro de alguns anos, para evitar a implosão anunciada por todos os Atuários do Brasil. Como nada ocorre, é de se supor que podemos dormir na paz republicana. Ou será que não?

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=exibemateria&secao=34&subsecao=0&id=6434&uid=

 

5º BRADO – OS PORTAIS MUNICIPAIS

 

SITUAÇÃO TRANQUILA

Como poderá alguém desejar ser Prefeito ou Vice em 2016 nas atuais condições, herdando enxurrada de problemas e caixa devedora e sem vislumbrar solução adiante que o possa tranquilizar? Ou será que os partidos que se enfrentam nas urnas para conquistar (o verbo está, infelizmente, correto) o maior número possível de Prefeituras, sabem de algo que não sabemos? O choro é geral, os déficits se acumulam, as medidas inteligentes nem tanto. Mas quem pode querer um desses rabos de foguete municipais? Administrar empresa falida é rabo de foguete; mas Município insolvente ainda parece ser atividade atraente.

 

Para mais detalhes, acessem os “Brados” em nosso portal Dados Municipais:

 

www.dadosmunicipais.org.br/index.php?pg=listasubsecoes&secao=41

 

 

 

Post scriptum

# Sugestões e críticas são bem-vindas!

# Se deseja publicar ou indicar destinatários para o “BRADO”, agradecemos desde já. Neste momento, a nossa lista de e-mails conta com mais de 4.000 nomes. 

# Caso não deseje continuar a receber o “BRADO”, queira nos dizê-lo. Respeitaremos a sua vontade.

 

 

FRENTE PRÓ-PETRÓPOLIS: FPP




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS