Petrópolis, 21 de Fevereiro de 2019.
Matérias >> BR-040: obras da NSS
   
  Operários vão à Justiça contra Concer e deputado quer cancelar contrato

Data: 05/07/2016

 

Operários vão à Justiça contra Concer e deputado quer cancelar contrato

Eric Andriolo - Diário de Petrópolis

 


Os operários da Nova Subida da Serra (NSS) fizeram assembleia na manhã de ontem, quando os sindicalistas anunciaram que vão entrar com uma ação coletiva contra o consórcio, liderado pela Concer. A ação seria uma resposta à decisão dos empresários de demitir mais de 300 funcionários da obra. O Consórcio teria alegado falta de recursos, e pedido para parcelar as indenizações rescisórias dos contratos. O NSS não respondeu às perguntas do Diário sobre o caso.

- Eu não posso aceitar um acordo desses, como líder de sindicato – disse o presidente do Siticommm (Sindicato dos Operários de Construção e Indústria), que representa a categoria. Ele disse que a notícia pegou os trabalhadores de surpresa, porque veio uma semana depois do fim de uma greve que se arrastou por mais de 30 dias em torno de uma disputa salarial.

O deputado federal Hugo Leal (PSB), que está à frente de ações contra a Concer no Tribunal de Contas da União (TCU) chamou a ação do consórcio de “picaretagem”, e disse que a ideia da empresa é “parar a obra para pedir mais dinheiro”. Ele se refere às decisões recentes na justiça que ameaçam termos do contrato de concessão da Concer que previam aportes milionários do Governo Federal para realização da obra. Os termos são questionados pelo Ministério Público.

Leal disse que há base legal para que a empresa perca a concessão da rodovia, e o Governo Federal tenha de abrir outra licitação, e afirmou que não vê outra alternativa para acabar o problema.

- O que eu quero é que acabe com esse contrato. Se está sem dinheiro, como é que podem publicar o balanço de 2015 com lucro de mais de R$ 125 milhões? O que tem de ser feito está feito. Está no TCU. Tem que terminar esse contrato, chamar outra licitação, dar uma compensação pelos anos que faltam e pronto.

Em agosto, começarão as negociações para reajustar a tarifa de pedágio da rodovia. A Concer cobra hoje R$ 11,20 para carros de passeio, a segunda tarifa mais alta do país em rodovias federais.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS