Petrópolis, 25 de Abril de 2019.
Matérias >> BR-040: obras da NSS
   
  Explosões na saída do futuro túnel da BR-040

Data: 31/10/2013

 

 

A Concer encerrou ontem o processo de detonações nos quilômetros 78 sentido Juiz de Fora e 80 sentido Rio, após mais uma programação do serviço para o mês de outubro. Os trechos ficaram interditados por cerca de sete minutos, tempo inferior ao da mesma movimentação de terça-feira, mas o material utilizado e a quantidade de rochas foram superiores. Ao todo, foram utilizados 200 quilos de explosivos e 1.100 metros cúbicos de rocha detonados.

A empresa terceirizada que realizada as detonações cumpriu novamente as normas de segurança, em que as pessoas deveriam ficar afastadas em um raio de 300 metros de onde as explosões aconteceriam.

As detonações aconteceram em dois pontos separados e os dois sentidos da BR-040 foram fechados para a passagem de veículos por sete minutos, tempo inferior ao previsto, que era de 30 minutos. Como não houve estilhaços de pedra na via, o local pode ser liberado com mais agilidade. Moradores da rua próxima ao Km-80 também foram retirados de casa por motivos de segurança.

As detonações continuam em novembro, mas ainda não há data marcada para que o serviço continue. A partir de agora, segundo o engenheiro responsável Leonardo Nardini, as escavações continuam e só então poderão prever qual será o novo cronograma com a necessidade de novas explosões de rochas.

“A partir de onde eles estão, todo o resquícios das pedras será retirado e a escavação continua. Serão afundados mais oito metros até o encontro do outro lado, nos quilômetros 87,5 e 79, onde as explosões aconteceram na última terça-feira, para a construção do túnel”, explicou.

Segundo Leonardo, não houve necessidade de continuar as detonações por hoje porque todo o material que precisava ser retirado (pedras) foi eliminado com a quantidade de explosivos utilizados.

O processo de detonações aconteceu por volta das 15 horas de ontem, quando uma sirene tocou avisando que o local deveria ser interditado e a passagem de veículos e pessoas estava proibida. Logo em seguida, técnicos da concessionária iniciaram as detonações. Após o forte estrondo causado pelas explosões e inspeção pelos técnicos, a pista foi liberada depois de sete minutos e não causou congestionamentos. 

As detonações aconteceram por abafamento e em cima das rochas que foram detonadas estavam os explosivos cobertos por uma camada de argila, o que minimizou e evitou o lançamento de resíduos para as pistas.

 

Benefícios com a nova pista

As obras têm prazo de conclusão para 18 de junho de 2016 e terão o custo de quase R$ 1 bilhão. A Concer vai custear, inicialmente, R$ 280 milhões, ficando o restante sob responsabilidade do governo federal.

Segundo estudo divulgado pela Firjan em janeiro, a construção da nova subida possibilitará a mudança da classificação de qualidade da rodovia (que inclui fatores como geometria, sinalização e condição do pavimento) de ruim para boa, o que reduzirá o custo de frete no trecho para valores próximos a R$ 5,40/km ou R$ 91,89 no trecho, queda de 45% em relação ao atual.

Considerando as estimativas do volume de tráfego de veículos comerciais na BR 040, caso a nova pista esteja funcionando em 2016, a redução no custo do frete atingirá valores superiores a R$ 190 milhões já naquele ano, crescendo nos seguintes.




 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS