Petrópolis, 10 de Dezembro de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Casa da Providência

Data: 19/12/2012

 De acordo com o secretário de Saúde do próximo governo municipal, André Sá Earp, a decisão da direção do Hospital Casa Providência de fechar as portas no último dia desse ano é “irreversível”. André Sá Earp se reuniu com os dirigentes da instituição para tentar que o serviço continuasse a ser realizado até 2013 para que uma solução fosse encontrada em conjunto com o próximo governo, mas sem sucesso.

- Não teve jeito. Vai ser um impacto enorme para a cidade. É uma instituição de mais de 80 anos de atuação que vai fazer muita falta para Petrópolis. Estamos tentando buscar dados da Secretaria de Saúde para ver se ainda há algo a se fazer – afirmou o futuro secretário.

Com a decisão dos dirigentes do hospital, a Casa Providência não realizará atendimentos de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), da rede privada e de convênios com planos de saúde. A medida pode prejudicar a população e, consequentemente, outras instituições de saúde, uma vez que terão que absorver parte dos atendimentos que eram realizados pelo hospital, seja pelo SUS, àqueles que são conveniados com o Ministério da Saúde; particular ou planos de saúde.

O secretário explicou ainda que a direção do hospital ainda informou que a decisão ocorreu devido aos problemas de contratação e manutenção dos funcionários.

A direção do Hospital Casa Providência foi procurada ontem pelo Diário e informou que um dos diretores estava no Rio de Janeiro, mas que se pronunciaria sobre a decisão ainda essa semana.

A Secretaria de Saúde esclareceu, por meio de nota, que o prazo de gratuidade estabelecido com a Casa Providência seguirá até o dia 31 de dezembro.

Em 15 de outubro, a unidade enviou para a secretaria um ofício onde constava a intenção de encerramento das atividades no município, com finalização do atendimento em todos os setores do hospital: ambulatorial, serviço de urgência, fisioterapia, maternidade, clínica médica e cirúrgica, centro cirúrgico, psicologia, serviço de nutrição, UTI Adulto, exames laboratoriais e diagnósticos por imagem. Em resposta ao documento, a Secretaria Municipal de Saúde encaminhou, no mesmo dia, um ofício para a Casa Providência em que argumentava o posicionamento da mesma.

No ofício, foi reiterada a necessidade de se estabelecer um prazo para a adequação da rede, para substituição dos serviços prestados e credenciamento do serviço em outras unidades hospitalares. Imediatamente, a secretaria iniciou o diálogo com a instituição para impedir que o fechamento do hospital comprometesse a assistência prestada aos pacientes lá referenciados. 

Neste sentido, a secretaria destaca a existência de dois pontos relacionados à questão: um deles relativo ao contrato de prestação de serviços da unidade e outro pertinente ao encerramento de todas as atividades do hospital. Sendo assim, a secretaria ressalta ainda que dentro do prazo de dois meses e 15 dias não é possível substituir uma unidade hospitalar.    

A proposta da secretaria em todo o período foi de retomar as atividades por meio do retorno aos serviços faturados a partir da contratualização, em que estão previstos, inclusive, valores de complementação dos serviços reconhecendo a defasagem da tabela SUS, sobretudo na maternidade.

A secretaria destaca que, logo que houve a definição do nome destinado para assumir a secretaria de Saúde no próximo governo, as negociações com a Casa Providência passaram a acontecer com a participação deste, acompanhado pela equipe de transição, inclusive já tendo sido realizada reunião temática. Diante do impasse, por se tratar de um momento de término de gestão, a secretaria aponta para a necessidade de um contrato de transição de no mínimo seis meses.

Por fim, a secretaria esclarece que no momento providencia as medidas necessárias, por meio de negociações, visando a responsabilidade relativa ao atendimento da população, que levará esta a buscar todas as alternativas para impedir a interrupção da assistência.

 

 

 

 

FONTE: Diário de Petrópolis




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS