Petrópolis, 25 de Janeiro de 2020.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Contratações de fim de ano serão menores

Data: 18/10/2012

 

 

Na Rua Teresa as contratações deverão ser bem menores este ano

 

As constantes quedas nas vendas do comércio da cidade durante este ano devem refletir na contratação de empregos temporários para o fim do ano. Todo ano, o comércio da cidade e as indústrias que giram a produção de roupas e acessórios que são vendidas em Petrópolis contratam cerca de três mil pessoas para vagas nas vendas do Natal, mas neste ano a situação pode ser diferente.

As contratações para este período ainda não começaram, devido à baixa nas vendas, problema que vem desde o fim do ano passado, mas aqueles que procuram uma vaga temporária já podem começar a deixar currículos. Além dos balcões de emprego, algumas lojas petropolitanas também aceitam currículos de interessados, não só na Rua Teresa, mas em todo o Centro Histórico. Embora muitos acreditem que o período de festas de fim de ano seja ruim para procurar emprego, a época favorece quem busca uma vaga no mercado de trabalho, e as chances de continuar após a alta temporada são grandes.

De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias de Confecções de Petrópolis (Sindcon), Adson Menezes, neste ano as contratações devem chegar a ser de no máximo 10%. “Estamos vindo de um ano de vendas muito fraco, com saldo negativo de contratações e muitas demissões. Com certeza vamos ter contratações para temporários, mas, caso isso ocorra, o número não supera 10% a mais do que o de trabalhadores fixos”, disse.

Já para o comércio, no ano passado a expectativa era a criação de dois mil empregos temporários. Neste ano, a expectativa ainda não foi divulgada, mas, de acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), as vagas devem ficar no mesmo patamar do ano passado.

Um dos balcões de emprego na cidade é o da Associação dos Empresários da Rua Teresa (Arte). Lá eles recebem currículos de profissionais e encaminham para os empresários. No local, os próprios empreendedores solicitam currículos para preencher as vagas em aberto,  mas este meio serve apenas para as lojas e comércio do local.

Já no Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), o balcão de empregos é virtual, apenas pelo site na internet as pessoas podem cadastrar seus dados. No local, as empresas e empresários também podem solicitar mão de obra. Esse meio serve para cadastrar currículos para o comércio de toda a cidade.

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) cadastra milhares de currículos por dia, e apenas no estado do Rio de Janeiro são mais de 10 mil vagas de emprego abertas para todos os níveis de escolaridade. O Sine Petrópolis também aceita o cadastro e entrega de currículos para essas vagas.

 

 

 

FONTE: Tribuna de Petrópolis




 

 

DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS