Petrópolis, 25 de Abril de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Desrespeito à sinalização na Rua Alberto Torres

Data: 22/03/2012

 O estacionamento irregular no fim da Rua Floriano Peixoto, assim como na Rua Alberto Torres, ou seja, na porta da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), está sendo motivo de protestos de moradores da região. As placas proibindo a parada de veículos e indicando as áreas de embarque e desembarque escolar são ignoradas por motoristas, enquanto nos arredores da Avenida Sampaio veículos ficam parados o dia todo, impedindo, inclusive, o uso da área pelos próprios moradores.

Segundo moradores, provavelmente para fugir da cobrança de R$ 2,50 do estacionamento rotativo, frequentadores do comércio local, assim como aqueles que precisam ir a bancos e até a consultas médicas, deixam seus carros no trecho sem saída, no fim da Rua Floriano Peixoto. “Durante o dia, até por volta das 19h esse trecho de aproximadamente 300 metros fica totalmente tomado por veículos. As vezes temos dificuldades, inclusive, de sair de nossas garagens”, destaca uma moradora que prefere não se identificar

Ela acrescenta que alguns vizinhos que não têm garagem em casa são obrigados a deixar os carros na rua e, apesar de morarem há anos no local, são obrigados a disputar espaço com outros motoristas.
Mas é na subida da Rua Alberto Torres que as irregularidades chamam mais atenção, até porque, no local está instalada a CPTrans, responsável pelo trânsito do município. Os problemas podem ser observados logo no início da rua, onde, apesar das placas de parada proibida e embarque e desembarque, os carros ficam parados embaixo dos avisos, o que pode ser visto como certeza da impunidade.

Apesar da equipe da Tribuna não ter encontrado nenhum carro com o adesivo, o presidente da CPTrans, Roberto Naval, garante que todos os veículos estacionados irregularmente no local são multados, mas a medida não é o suficiente para impedir a prática. “Ignoram as multas e, inclusive, só pagam as mesmas quando vão vender o veículo ou fazer a transferência de propriedade. De qualquer forma, estamos atuando de forma enérgica para pôr um fim nesse problema”, destaca, salientando que, no caso do fim da Rua Floriano Peixoto, proximidades da Avenida Sampaio, a partir de hoje a área estará recebendo sinalização.

Segundo Eliel Silveira, apesar de abrigar a CPTrans, a Rua Alberto Torres é de responsabilidade da Guarda Civil. “E devido ao número elevado de reclamações, iremos intensificar o trabalho naquela região, inclusive nas imediações da Avenida Sampaio, até que a situação esteja normalizada”, garantiu.
 

Redação Tribuna



 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS