Petrópolis, 25 de Abril de 2019.
Matérias >> Cidade >> Notícias
   
  Sem vagas, carros são parados até em ponto de ônibus

Data: 10/03/2012

 Sem fiscalização, as ruas Benjamin Constant, Casemiro de Abreu e João Caetano estão entregues a maus motoristas. Lá, nada é respeitado e veículos são deixados trancados em pontos de ônibus, dentro de curvas e até sobre faixas de pedestres. Apesar dessas áreas estarem localizadas em pleno centro da cidade, a ousadia é a prova da certeza da impunidade. Nos três locais, veículos são estacionados dos dois lados da via, prejudicando, inclusive, o fluxo de veículos. A fuga da cobrança de R$ 2,50 nos rotativos implantados em diversas vias seria o motivo do aumento da procura daquela região. 
Moradores afirmam que já fizeram inúmeras reclamações junto à CPTrans e Guarda Civil, mas os desmandos continuam acontecendo. Começam antes das 8h e se estendem até por volta das 23h, sem que os responsáveis pela “bagunça” sejam incomodados. Pouco depois das 12h de ontem, numa rápida passada pelo local, era possível verificar todo tipo de irregularidade, principalmente na Rua Benjamin Constant.
No local, havia veículos parados em toda a extensão da via, e até embaixo das placas de proibido estacionar havia carros trancados, assim como num ponto de ônibus. Mas, o que mais chamou a atenção foi a ocupação de uma vaga de embarque e desembarque escolar, por dois veículos particulares. Um deles ainda estava parado na contramão. “Essas coisas acontecem com frequência e não adianta reclamar. Recentemente, fui questionar um motorista que parou nessas mesmas condições e por pouco não arranjei uma briga”, conta uma moradora que prefere não ser identificada. Ela garante, que o problema da região é antigo.
Morador na  Rua Casemiro de Abreu, um homem que se identifica apenas como Leonardo destaca que em horários de pico, principalmente nos fins de tarde, percorrer a Rua Benjamin Constant, nos dois sentidos, é uma tarefa difícil e demorada. “Às vezes levamos mais de meia hora para percorrer pouco mais de 200 metros de rua. Isso porque os veículos não têm como trafegar, pois existem carros estacionados dos dois lados da via”, disse, salientando que as placas de “proibido estacionar” estão em toda a extensão da rua.
Já a Rua Casemiro de Abreu se transformou em estacionamento. Carros ficam parados durante todo o dia no local, mas o problema se agrava ainda mais à noite, quando é maior o número de estudantes da universidade que funciona na região. “O problema fica ainda mais grave. Veículos ficam parados dos dois lados da rua, inclusive dentro de curvas, impedindo a passagem dos ônibus, que ficam retidos”, disse uma moradora, salientando: “Temos que esperar os motoristas aparecerem para retirar os carros”, completa.
A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) informou, em nota, que agentes de trânsito fiscalizam com frequência as ruas Benjamin Constant, Casemiro de Abreu e João Caetano. A fiscalização também é feita pela Guarda Municipal. A CPTrans enviará agentes ao local novamente. A companhia ressalta ainda que as vias são devidamente sinalizadas.


FONTE: Tribuna de Petrópolis



 

 

Área do Município: 795.798 km²
População estimada (2013): 297.888 habitantes (95% alfabetizada)
Densidade Demográfica (2013): 371,85 habitantes/km²
PIB (2011): R$ 9.212.328.000,00 (R$ 30.925,47 per capta)
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (2010): 0,745 (13º dentre 92 no RJ)
Fonte: IBGE
DADOS MUNICIPAIS EQUIPEWEB DADOS MUNICIPAIS DADOS MUNICIPAIS